Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Ônibus de Fortaleza (Foto: Reprodução)

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) contabilizou 43 arrastões em ônibus de Fortaleza nos primeiros seis meses de 2019. O levantamento foi feito exclusivamente sobre assaltos contra passageiros. O horário mais crítico apontado pela empresa é entre 18h e 21h.

As ocorrências contra os caixas dos coletivos somaram 302 casos, redução de 59% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 720 assaltos foram cometidos. Segundo o Sinidiônibus, a maior prevenção contra os roubos e furtos é a utilização  do cartão eletrônico no pagamento das passagens, diminuindo, assim, a circulação de dinheiro dentro do coletivo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp