Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Vinte e quatro horas após se filiar ao União Brasil, o deputado federal e pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Wagner, cumprirá agenda ao lado do presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira, em Quixadá.

Wagner foi estimulado a entrar na disputa da sucessão estadual pelo próprio Bolsonaro que o ajudará na campanha para derrotar o grupo liderado pelo senador Cid Gomes (PDT) e pelo governador Camilo Santana (PT).

Camilo terá como principal cabo eleitoral o presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva. O palanque da polarização nacional na corrida pela Presidência da República se repetirá no Ceará.

Ao lado do prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, do ex-governador Lúcio Alcântara, Wagner deu a largada, nessa terça-feira, para formação de uma ampla frente partidária de oposição ao Palácio da Abolição.

O evento de filiações ao União Brasil lotou o auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa e atraiu os deputados federais Danilo Forte e Vaidon Oliveira, a deputada estadual Fernanda Pessoa e os deputados estaduais soldado Noélio, Tony Brito e Heitor Férrer, além de vereadores da Capital e de dezenas de cidades do Interior do Estado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp