Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ano começou com Caucaia nas manchetes do noticiário policial. A cidade registrou, nesta semana, a primeira saidinha bancária no Ceará em 2017. Um comerciante – com identidade preservada, foi atacado, no início da tarde de segunda-feira, pró- ximo à Agência do Banco do Nordeste, localizada na Rua 15 de Novembro, no Centro, e acabou se transformando em presa fácil para os bandidos. Surpreendido pelos dois homens que chegaram em uma moto, de cor amarela, o comerciante não teve como reagir e entregou o dinheiro aos criminosos. A vítima da ação criminosa não sofreu violência física. Carrega, porém, o trauma de ter sentido de perto a ameaça dos meliantes com revólveres apontados em sua direção. ‘’Graças a Deus ele está bem’’, disse uma senhora, de cabelos grisalhos, que passava perto da cena do crime e lembrava que, nos anos de 2015 e 2016, outras vítimas de saidinha bancária não tiveram sorte e perderam a vida no embate com os marginais. Ao longo da semana, as diligências policiais foram intensificadas, mas nenhum dos suspeitos da saidinha bancária contra o comerciante foram identificados ou presos. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Ceará, o caso de Caucaia foi o primeiro dessa modalidade de crimes no Estado em 2017.