Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará comemorou, nessa quarta-feira, os cinco anos da Lei de Acesso à Informação, sancionada em âmbito estadual, no dia 28 de junho de 2012. A Lei ampliou as possibilidades para que qualquer cidadão pudesse acompanhar de forma transparente o que os gestores fazem com os recursos públicos.

Segundo o secretário da CGE, Flávio Jucá,  a regulamentação da Lei no Estado do Ceará se deu de forma muito satisfatória, principalmente em virtude da ideia de estabelecer um sistema trabalhando em rede, formado por 65 Comitês Setoriais de Acesso à Informação, pelo Comitê Gestor de Acesso à Informação, que tem como função deliberar sobre a classificação de informações sigilosas e é coordenado pela CGE, e pelo Conselho Estadual de Acesso à Informação, que em instância máxima regula a implementação da lei.

Desde que começaram as contagens de acesso, o Portal da Transparência saltou de 43.380 acessos em 2009 para 286.874 em 2016, um crescimento de 561% em oito anos de atividade. Ano após ano, o Portal também vem se destacando nos rankings nacionais de transparência, servindo de parâmetro de gestão transparente da informação e estimulando uma cultura de transparência na sociedade cearense.