Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará registrou a criação de 8047 empregos no mês de fevereiro, segundo os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

A informação foi comemorada pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), nesta terça-feira, 29, durante live realizada em suas redes sociais.

“O Ceará em fevereiro teve resultado positivo, com 8.047 novos empregos gerados no Ceará. Somos o segundo do Nordeste, só perdemos para a Bahia. Isso mostra que nós estamos no caminho certo, gerando empregos e oportunidades. O PIB [Produto Interno Bruto] do Ceará cresceu dois pontos percentuais acima do PIB do Brasil”, frisou.

O resultado decorre da diferença entre o número de contratações com carteira assinada (46.036), que superou o de demissões (37.989), especialmente puxado pelos setores dos serviços (6.046) e construção civil (2.552), uma vez que houve relativa estabilidade da movimentação do emprego na indústria (72) e no comércio (38) e redução na agropecuária (-661).

“São números muito positivos e merece destaque o setor de serviços, que colaborou com praticamente 80% de toda a geração de empregos, seguido do setor da construção civil. É oportuno esclarecer que a maior parte dos contratados são os profissionais com idade entre 18 e 24 anos de idade e o ensino fundamental” analisa o secretário-executivo do Trabalho e Empreendedorismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Kennedy Vasconcelos.

(*) com informações do governo do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp