Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará enfrenta, hoje, 19, o Fluminense, pela 35ª rodada do Brasileirão. Os times estão separados por três pontos e fazem um confronto direto para afastar o fantasma do rebaixamento nessa reta final de campeonato. No confronta entre Ceará e Fluminense do primeiro turno, o Ceará ganhou com o placar mínimo com gol de Leandro Carvalho. Na ocasião, a vitória fez com que o vozão deixasse a lanterna da competição.

Na 16ª posição, com 38 pontos e três partidas sem vencer, o alvinegro é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e aproveita a boa rodada, com derrota de oponentes diretos na briga contra o Z-4. Faltando 4 rodadas para o fim da competição, o Ceará busca somar mais três pontos e abrir 4 de vantagem para o primeiro time da zona, América – MG.

O técnico Lisca projeta uma pontuação média de 44 pontos que, segundo ele, manterá sua equipe na elite do Brasileirão em 2019. Assim, obriga o Vozão a ganhar ao menos 2 confrontos ou vencer 1 e empatar três nessa reta final. Os próximos adversários do Ceará serão Paraná (em casa), Atlético – PR (fora) e Vasco (em casa).

O alvinegro vai ao confronto ainda desfalcado do meia Juninho Quixadá, que está no departamento médico do clube. Com isso, o Vozão espera o fim do jejum de seu artilheiro na temporada, Arthur, que está confirmado na equipe titular. Tiago Alves na dupla de zaga e Felipe Jonatan na lateral esquerda são possíveis retornos ao time titular após ficarem de fora na última rodada por cansaço, fator que vem prejudicando a equipe nessa reta final.

Com o zagueiro Gum liberado pelo departamento médico, recuperado de lesão, e o meia Sorzona à disposição, o Fluminense está em 13º lugar na tabela, três pontos na frente do Ceará, mas a quatro rodadas sem vencer. Com derrota fora de casa para o líder do campeonato, Palmeiras, o tricolor busca um reencontro com bons resultados para afastar de vez o risco do rebaixamento e ainda conseguir vaga para a Sul-Americana.

Possíveis escalações

Ceará:

Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Richardson e Ricardinho; Calyson, Leandro Carvalho e Arthur.

Fluminense:

Julio César; Igor Julião, Paulo Ricardo, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Airton (Dodi) e Sornoza; Marcos Junior (Junior Dutra), Luciano e Everaldo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp