Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Pacto por um Ceará Pacífico chegou a Sobral a partir deste sábado, 16. A principal cidade da Região Norte cearense é a primeira do Interior a receber o pacote de investimentos em segurança e ações sociais que marca os territórios do Pacto, em parceria do Governo do Ceará e Prefeitura de Sobral. O anúncio oficial foi feito pelo governador Camilo Santana.

Além do reforço policial foram liberados investimentos em infraestrutura urbana, como a pavimentação de ruas e avenidas, urbanização de espaços públicos e a construção de uma areninha para Sobral. Ações que fazem parte do Pacto por um Ceará Pacífico. “São mais de R$ 57 milhões para diversas áreas, esperamos a parceria com o município para implantação dessas ações que são importantes para garantir tranquilidade e oportunidade para a população”, afirmou o governador Camilo Santana.

O Território do Ceará Pacífico vai focar em três áreas: Vila União, Terrenos Novos e Nova Caiçara. Nestas regiões, o Governo do Ceará e a Prefeitura de Sobral investem em ações sociais com enfoque especial na redução da violência, e em parceria com a comunidade, através da realização de seminários territoriais.

Em paralelo, a região recebeu uma Unidade Integrada de Segurança (Uniseg), com reforço de policiamento ostensivo e comunitário e melhorias estruturais e nas ações da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense. Serão 37 bairros contemplados. Antes, o policiamento sobralense contemplava toda a cidade, os distritos e ainda nove outros municípios.

Centralizado na 1ª Companhia da Polícia Militar do 3º BPM, o efetivo foi ampliado, passando de 54 policiais para 242, com foco no policiamento comunitário. O número de viaturas da PM subiu de três para 10. A região agora conta, também, com uma Base Móvel de Policiamento Comunitário e 10 motos. A Base Móvel fica em pontos estratégicos e é dotada de tecnologia para que vítimas possam registrar boletins de ocorrência. Todo o novo efetivo foi apresentado à população de Sobral durante o evento.

“Com uma equipe maior da Polícia Militar vamos fazer um trabalho mais qualificado, visitando escolas, residências e o comércio e ouvindo a população”, afirmou o secretário da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa.

A delegacia que cobre a área funciona 24 horas. São nove delegados, 19 escrivães e 24 inspetores. “Aumentamos o efetivo da Polícia Civil para permitir que haja mais investigações e o trabalho de inteligência seja intensificado. Nosso objetivo é trazer a polícia para mais perto da população”, completou o secretário.

O Corpo de Bombeiros vai intensificar as ações sociais da corporação na região (Saúde, Bombeiro e Sociedade; Jovem Bombeiro de Valor, Programa Educacional de Resistência às Drogas e á Violência – Proerd; e Lutando pela Paz); e a Perícia Forense realizará capacitação com os agentes de segurança da Uniseg para atualizar procedimentos em casos de isolamento de locais de crimes.

Em seu discurso, o governador Camilo Santana reforçou a necessidade de uma política nacional de segurança pública para a União dar suporte aos Estados e municípios no combate à violência. “Nós temos metas definidas, orçamento e planejamento para o Pacto por um Ceará Pacífico. É necessário um pacto nacional, porque somente os estados não têm como combater sozinhos a violência”, declarou.

Com informações da A.I.