Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O número de mortes por febre chikungunya no Ceará subiu para 43 casos confirmados em 2017, de acordo com o Boletim Epidemiológico de Arboviroses da Secretaria Estadual de Saúde. Os óbitos representam um aumento de 30% comparado ao boletim da última semana. As últimas mortes ocorreram em Fortaleza, Maranguape e Beberibe.

Segundo o balanço da Pasta, do total de mortes, 33 ocorreram na capital cearense, enquanto outras oito foram registradas nos municípios de Acopiara, Beberibe (2), Caucaia (3), Morada Nova, Pacajus e Senador Pompeu, com um óbito cada. Dos casos registrado, 24 são do sexo masculino e 19 do sexo feminino, com idades entre 10 dias e 94 anos.

Foram notificados 58.203 casos de dengue no Sistema de Informação de Agravos de Notificação, correspondendo a uma taxa de incidência no Estado de 599,1 casos por 100 mil habitantes, distribuídos em 182 municípios cearenses. Destes, 12.213 casos foram confirmados pela Sesa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp