Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A rede pública estadual cearense teve cinco planos de ação premiados na 6ª edição do Desafio Criativos da Escola. O resultado foi anunciado em transmissão online realizada nesta semana. Os vencedores receberão incentivo financeiro de R$ 2 mil para colocar as ideias em prática. Os premiados irão, também, fazer parte do grupo de embaixadores do Criativos da Escola. Ao todo, 50 equipes de todo o Brasil foram contempladas na iniciativa.

O Criativos da Escola encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto, que busca envolver e estimular estudantes e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades.

O uso consciente dos recursos naturais e a busca pela eficiência energética são algumas das pautas mais em evidência na sociedade moderna. Sabendo da importância do tema, um grupo de estudantes da 2ª série do Ensino Médio da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Otília Correia Saraiva, em Barbalha, desenvolveu o trabalho “EMA Gerency”, que consiste num aplicativo que informa aos usuários, em tempo real, sobre gastos de água e energia elétrica, além de trazer dicas para a redução do consumo destes itens.

Auany Vitória Mendonça, representante da equipe, explica que o valor do prêmio possibilitará desenvolver o primeiro protótipo do dispositivo. “Apesar de o consumo sustentável de água e energia ser a cada dia mais debatido, ainda é preciso combater o desperdício nas residências. Para tanto, se faz necessário o gerenciamento desses recursos, o que não vem sendo possível para a maioria das famílias, pois os equipamentos disponíveis no mercado são, de maneira geral, muito caros e de difícil instalação. Pensando nisso, criamos uma alternativa viável e de baixo custo, que transmite informações de gastos para um dispositivo móvel comum, permitindo ao usuário saber em tempo real o quanto está gastando”, aponta.

Reflexões

Indo noutra vertente, o projeto denominado “Ágora”, levado à frente por alunos da Escola de Ensino Médio (EEM) Adauto Bezerra, em Fortaleza, pretende valorizar a vida, a individualidade e o potencial de cada ser humano, reconhecendo as pessoas como seres capazes de se desenvolver. A estudante Maria Vitória Pimentel, que cursou a 3ª série em 2020 e faz parte da equipe vencedora, esclarece que o plano visa oferecer, por exemplo, dicas de como se portar em entrevistas de emprego, em apresentações de trabalho e nas relações pessoais.

“Pelo fato da nossa comunidade escolar ser ampla, diversa e sobretudo por conta do contexto em que estamos inseridos, reconhecemos que há muitos estudantes com estrutura familiar defasada, sem uma base que é fundamental para a construção e a ampliação do intelecto. Com a premiação recebida, iremos promover rodas de conversa de incentivo à leitura, algo essencial para desenvolver um bom vocabulário, por exemplo. Além disso, iremos desenvolver a expansão do projeto para internet, por meio de podcasts e debates virtuais”, argumenta.

O Desafio faz parte do Design for Change, movimento global que surgiu na Índia e está presente em 65 países, inspirando mais de 2,2 milhões de crianças e jovens ao redor do mundo.

Conheça os trabalhos cearenses vencedores

Categoria Educação
-Ágora – E.E.M. Governador Adauto Bezerra – Fortaleza: Por meio de ações criativas, estudantes querem desenvolver uma visão mais ampla e abrangente sobre a vida, nos âmbitos profissional e pessoal, por exemplo.
-Trilharte – E.E.F.M. Menezes Pimentel – Potengi: A ação visa transformar a realidade dos alunos por meio da arte, estimulando o desenvolvimento artístico crítico.

Categoria Qualidade de Vida
-Alpha Centauri – Colégio Militar do Corpo de Bombeiros – Fortaleza: Plano quer desenvolver máscaras de proteção com nanopartículas de prata capazes de matar bactérias e, também, o vírus da covid-19.

Categoria Meio Ambiente
-EMA Gerency – EEEP Otília Correia Saraiva – Barbalha: Estudantes querem produzir um aplicativo para que os usuários recebam informações sobre gastos de água e energia elétrica em tempo real, e também, tenham dicas de consumo sustentável de recursos.
-Reciclando Práticas – Colégio Da Polícia Militar Cel.Hervano Macedo Júnior – Juazeiro do Norte: A ação pretende orientar estudantes para a coleta seletiva de óleo, pilhas e eletrônicos, destinando-os ao lugar de descarte correto, e, assim, auxiliar o trabalho dos catadores de lixo.

*Com informações do site do Desafio Criativos da Escola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp