Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A próxima segunda-feira (19) vai ser dedicada, em todo o Brasil, ao Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência. Todas as regiões do Ceará já confirmaram atos públicos e paralisações para barrar a votação do que pode acabar com a aposentadoria

Com a palavra de ordem “Se botar pra votar, o Brasil vai parar!”, a Frente Brasil Popular, CUT, CTB, CSP Conlutas, CSB, Nova Central, Força Sindical, UGT, Intersindical, sindicatos e movimentos populares mobilizam a população para ir às ruas na próxima segunda-feira (19 de fevereiro), no Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência. A votação na Câmara dos Deputados está prevista para entrar em pauta na próxima semana. Em Fortaleza, um grande ato público está marcado para concentrar às 9 horas, na Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira), no Centro.

Na capital a agenda inclui tribunas livres na Praça do Ferreira e nas Feiras de Messejana e Parangaba. A previsão é que ocorram atos e paralisações em todas as regiões do Estado, seguindo o calendário nacional de lutas. Devem ocorrer também assembleias, plenárias regionais e estaduais, panfletagens, blitz nos aeroportos, pressão nas bases dos parlamentares e reforços à pressão no Congresso Nacional.

Nas demais regiões do estado, já estão confirmados atos em várias cidades. No Cariri, os manifestantes saem da passarela da Avenida Padre Cícero (na CE 292, entre Juazeiro do Norte e Crato) às 8 horas. Na região do Vale Jaguaribe, o ato começa a concentrar às 5 horas no Triângulo de Peixe Gordo, em Tabuleiro do Norte. Já em Sobral, a manifestação está marcada para a Praça de Cuba a partir das 7h30. Crateús terá concentração a partir das 7 horas na Praça Matriz. Itapipoca, em frente ao prédio do INSS a partir das 8 horas. A concentração em Iguatu está marcada para as 8 horas, na Praça da Caixa Econômica.

Com informações do PT