Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

De acordo com levantamento da ONG Transparência Brasil, pelo menos 90% das ações envolvendo leitos de UTI desde o início de março estão diretamente ligadas a pessoas com Covid-19. Os estados do Amazonas, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte foram os que mais demandaram o Poder Judiciário. Em Fortaleza, durante todo o ano de 2020, até o dia 30 de setembro, a Defensoria Pública deu entrada em 540 pedidos de UTI, cerca de 60 pedidos por mês.

O mês de maio foi o que registrou maior número dessas ações, quando 79 pedidos para pacientes internados em estado grave foram iniciados no Poder Judiciário. Ao todo, nos meses de abril a setembro, foram iniciados 267 processos judiciais com pedidos de UTI em hospitais de Fortaleza.

Além dos casos que chegam diariamente no Núcleo, desde 2017, a Defensoria Pública disponibiliza o serviço de plantão nos finais de semana para os assistidos da Região Metropolitana de Fortaleza, da Região do Cariri, contemplando as comarcas de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte, além daqueles que residem em Sobral. Os plantões nos finais de semana atendem apenas casos urgentes, dentre eles os pedidos de UTI, de 12h às 18h. As orientações para atendimento durante os sábados e domingos podem ser buscadas pelos telefones: (85) 3194-5035/5034.

*Com informações da Defensoria Publica do

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp