Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) divulgou o resultado da 3ª edição da Escala Brasil Transparente. A metodologia analisou o cumprimento da Lei de Acesso à Informação em 26 Estados, no Distrito Federal e em 2.328 Municípios brasileiros.

A avaliação, efetuada entre junho e dezembro de 2016, indica notável melhora nos Entes avaliados em relação ao assunto transparência pública, como: regulamentação da Lei de Acesso; presença de canal – presencial e eletrônico – para solicitações de informação pelos cidadãos; e recebimento das informações solicitadas.

A Escala conta com 12 quesitos, fragmentado em regulamentação da Lei de Acesso a Informação, com peso de 25%, e existência e atuação do Serviço de Informações ao Cidadão, que corresponde a 75% da nota. Os Entes são avaliados com notas de 0 a 10 pontos para ser possível a construção de rankings.

O trabalho revelou que no comparativo com a última avaliação dos Municípios, foi constatado que dobrou o número daqueles que obtiveram nota 5 ou mais (de 15% para 30% do total). As cidades com nota 0 caíram de 52% para 22%. Entre os fatores que contribuíram para esse resultado estão: queda de exigências que dificultam ou impedem os pedidos; aumento da disponibilidade de canal para solicitar informação; ampliação dos entes que regulamentaram a LAI; e aumento daqueles que responderam às perguntas dos auditores.