Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma empresária da cidade de Novo Oriente foi abordada, em Cratéus, ao chegar à agência do Banco do Brasil, para uma operação envolvendo R$ 30 mil em espécie.  A empresária Patrícia Martins, segundo relato do correspondente do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expersso Grande Fortaleza + 22 emissoras no Interior), na Região dos Inhamuns, Alverne Lacerda, entregou o dinheiro aos bandidos. A empresária se deslocou a Cratéus porque em Novo Oriente a agência do Banco do Brasil está fechada há mais de um ano. Alvo do ataque dos bandidos, a agência não foi mais reaberta e a direção do Banco do Brasil decidiu mantê-la sem funcionamento, gerando, assim, prejuízos para aposentados, trabalhadores rurais, comerciantes e empresários. Quem precisa movimentar qualquer valor no Banco do Brasil é obrigado a se deslocar ao vizinho município de Cratéus, pagando transporte e, ao mesmo tempo, correndo o risco de se transformar em presa dos criminosos.