Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As fortes chuvas em Fortaleza desde a noite dessa terça-feira e madrugada de hoje (12) causaram uma série de transtornos na Capital. No cruzamento da Avenida Abolição com Rua Tibúrcio Cavalcante, no Bairro Meireles, o asfalto de uma obra inacabada chegou a ceder.

A Prefeitura de Fortaleza se descuidou nas medidas preventivas sobre obras nessa área da cidade e, com a correnteza das águas, verdadeiras valas foram abertas. As obras, que fazem parte da requalificação da beira mar, não tem, sequer, placas de sinalização ou de identificação dos responsáveis.

Segundo o portal de notícias G1, técnicos da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) também estiveram no local, mas se retiram em seguida pois, segundo eles, a obra é de responsabilidade da prefeitura.

Tempo nublado

O tempo continua fechado com mais previsão de chuvas. Cidades do Sul do Ceará, Região do Maciço do Baturité, Vale do Jaguaribe e Região da Ibiapaba, também, receberam chuvas e apresentam tempo nublado.

As chuvas também deixam o trânsito bem mais lento em trechos da avenida Raul Barbosa, no Bairro Aerolândia. O trânsito, no trecho próximo às ruas Nunes Valente e Tibúrcio Cavalcante, tem desvio e exige paciência dos motoristas.

O Jornal Alerta Geral desta quarta-feira destacou os transtornos ocasionados pela precipitação. O jornalista Luzenor de Oliveira disse que é impossível trafegar em alguns trechos da Capital.

Túnel alagado

Outro ponto que também sofreu foi o túnel da Avenida Borges de Melo. Condutores não conseguiram transitar pelo local e acabaram mudando o trajeto. Segundo informações de algumas testemunhas, o nível de água subiu muito rápido.

Carros ficam em alagamento no túnel da Avenida Borges de Melo em Fortaleza — Foto: Halisson Ferreira/Sistema Verdes Mares
Reprodução da foto de Halisson Ferreira/Sistema Verdes Mares

Funceme

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), um sistema indutor de chuvas nas áreas localizadas no centro-norte do Ceará, principalmente sobre a faixa litorânea ocasiona as precipitações. O fenômeno é comum neste período pós-estação chuvosa.

A tendência é de que o Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL) leve chuvas a mais de 50% da área centro-norte do Ceará. Já de acordo com o alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão de chuva é de 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia.

Veja imagens

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp