Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

É preciso ficar alerta! Os eleitores cearenses devem redobrar a atenção para não caírem em golpes que surgem por meio de links duvidosos neste período de campanha eleitoral. Há quatro dias das eleições, o Tribunal Superior Eleitoral tem a missão de contestar mensagens falsas que circulam pela internet e prejudicam os eleitores. Para evitar danos ao cidadão, o órgão orienta a busca por informações somente nos portais oficiais do TSE.

“Sempre tem gente a espera de uma oportunidade para aplicar golpe. Não faz muito tempo que a Polícia Federal em todo o Brasil, investigou esse golpes de plantão que estavam acompanhando o pagamento do auxilio emergencial para oferecer serviços, oferecer facilidades, a quem tinha direito, a quem tem direito ao benefício”, salienta Luzenor de Oliveira ao falar sobre os aproveitadores que tentar enganar os eleitores mais incautos.

Beto Almeida detalha que os eleitores recebem mensagens para que participem de uma eleição virtual, algo que simplesmente não existe por parte do TSE. Caso não cliquem no link que recebem para confirmar participação, os eleitores são ameaçados com multa, o que coloca muitos, sobretudo, os mais incautos numa situação de bastante risco para caírem nesse golpe. O jornalista diz ainda que haverá sim uma eleição virtual, mas apenas experimental e que só será em três cidades (Coritiba, Val Paraíso (Goiás) e São Paulo).

“O TSE está cumprindo um papel importante para que os eleitores, aqueles mais incautos, não caiam no erro de clicar nesses links e pedem pra você entrar e participar enfim, e até forçam colocando possíveis multas. Isso pode trazer sérios problemas para o eleitor e o pior disso é que acontece no momento em que muitas dessas informações de fato elas se tornam relevantes, mas no entanto com outras centenas que estão ai exatamente com e-mails falsos tentando tirar informações dos eleitores”, afirma Beto Almeida.

O jornalista Luzenor de Oliveira diz ainda que todos os eleitores devem fiar atentos e ressalta que o projeto é experimental, o qual integra um planejamento maior de eleições do futuro, um pensamento para apenas os próximos anos. As ações deste projeto serão realizadas pelas empresas interessadas e mais de 30 apresentaram novas soluções para que as votações sejam realizadas em casa.

O TSE recomenda que o eleitor cearense busque apenas as fontes oficiais de informação. São eles: ouvidoria@tse.jus.br ou @TSEjusbr no Twitter e @TSEJus no Facebook e Instagram.

Confira em instantes a íntegra do Bate-Papo Político

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp