Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A disputa pela Prefeitura de Caucaia ganhou um novo cenário a partir do rebuliço provocado pelo ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) ao declarar apoio ao pré-candidato do PT, Elmano de Freitas, à sucessão do prefeito Naumi Amorim.

O assunto ganhou destaque, nesta terça-feira, no Bate Papo Político, entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, dentro do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 + 24 emissoras no Interior + Internet).

A decisão de Ciro Gomes é vista como um gesto para a deputada federal Luizianne Lins repensar a pré-candidatura. Ciro defende uma aliança do PDT com o PT. O deputado estadual Acrísio Sena, do PT, endossou o movimento de Ciro Gomes. A repercussão sobre a entrada de Ciro, como cabo eleitoral, muda o cenário da corrida pela Prefeitura de Caucaia.

O presidente do PSD, Domingos Filho, principal aliado do prefeito Naumi Amorim, foi dormir na segunda e, nesta terça-feira, amanheceu o dia entre a incredulidade e a surpresa. Domingos estava conversando com lideranças estaduais do PDT e foi pego de surpresa com a decisão de Ciro Gomes.

Como desdobramento das articulações do pedetista, os deputados federais Roberto Pessoa (PSDB) e Capitão Wagner (PROS), aliados de Vitor Valim, que é pré-candidato a prefeito de Caucaia, se reúnem, nesta terça-feira, para avaliar o impacto da entrada de Ciro Gomes no cenário da sucessão do prefeito Naumi Amorim (PSD).

Quanto ao PSDB, os tucanos querem ser pragmáticos e, se possível, se aliar no primeiro turno a um dos candidatos com condições de chegar ao segundo turno da briga pela Prefeitura de Caucaia.


Acompanhe, aqui, a íntegra do Bate Papo Político entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida com análise sobre o cenário pré-eleitoral em Fortaleza e Caucaia, segundo maior colégio eleitoral do Ceará.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp