Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As manifestações dos policiais militares, em Sobral, estão marcadas, nesta quarta-feira, por tiros de armas de fogo que atingiram o senador Cid Gomes (PDT). Em meio ao conflito, quando tentativa entrar com uma retroescavadeira no Quartel da PM onde policiais e familiares estavam amotinados, Cid foi atingido à bala.

Ferido e ensanguentado, Cid foi levado ao Hospital do Coração onde passou por exames e, em seguida, foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia. Uma das balas o atingiu na clavícula, enquanto outro tiro perfurou um dos pulmões.

O senador fez exames que não detectaram danos ao sistema coronário, mas precisou passar uma por uma drenagem no pulmão e, após o atendimento médico, tem quadro de saúde estável. O depoimento de um dos médicos que socorreu Cid Gomes afirmou que ele, Cid, estava estável e conversando.

O ex-governador Ciro Gomes, em nota, tranquilizou os cearenses ao dizer que o irmão não corria risco de morte. Ciro pediu as autoridades de segurança para identificarem os ‘marginais’, como ele classificou, responsáveis pela tentativa de homicídio contra o senador pedetista.

Convocação

O senador Cid Gomes fez, ao final da manhã, por meio da internet, uma convocação para os sobralenses o receberem, às 16 horas, no Aeroporto Regional de Sobral em busca de um caminho para os moradores do Município terem mais tranquilidade diante da greve dos policiais.

Cid saiu do aeroporto, subiu em uma retroescavadeira e, com megafone em mão, falou aos conterrâneos sobre a sua angustia de ver os militares em greve e colocando em risco a vida da população. Na linha de frente e, diante dos policiais, fez um apelo para que todos deixassem o local em cinco minutos. O grito não foi ouvido, Cid decidiu dirigir o trator em direção a uma grade que os separava dos policiais, e foi surpreendido com os tiros que o atingiram na região do tórax.

Confira o vídeo:

Ciro, disse em nota, que cobra a identificação de autores da tentativa de assassinato de Cid Gomes.

Tasso diz que Cid Gomes é vítima de uma violência inaceitável

Acompanhe a nota:

Gostaria de expressar meu sentimento de profunda indignação e repúdio em relação ao episódio acontecido hoje em Sobral, ao mesmo tempo em que presto minha solidariedade ao senador Cid Gomes, vítima de uma violência inaceitável e criminosa. Desejo sua breve recuperação, na certeza da punição rigorosa dos que cometeram este ato.

Senador Tasso Jereissati

Veja a nota da assessoria de imprensa do Cid Gomes:

O senador Cid Gomes foi baleado por uma arma de fogo na tarde desta quarta-feira (19), em Sobral. Neste momento, o senador passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Mais informações em instantes.

Veja mais momentos da confusão:

Veja o boletim médico

BOLETIM MÉDICO CID.pdf

Cid em Sobral

Em suas redes sociais, Cid Gomes divulgou que iria desembarcar na tarde de hoje (19), em Sobral, para “defender a paz em todo o Ceará”. De acordo com o senador, as ações realizadas pelos militares, que deveriam proteger a trazer segurança a população, é inaceitável. Cid classificou as manifestações como atos de “terror e desordem”.

Confira a mensagem:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp