Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com a propagação do novo coronavírus pelo mundo e a confirmação de um caso no Brasil – em São Paulo -, o mercado de farmácias de Fortaleza começa a sentir o desabastecimento de um dos itens mais usados na busca de proteção contra a doença: o álcool em gel.

De acordo com Antônio Felix, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Ceará, além do desabastecimento, a matéria-prima do álcool em gel já começa a apresentar falta.

Ainda de acordo com Felix, o preço do álcool em gel pode chegar a triplicar por conta da alta distribuição e pela falta de matéria-prima. No entanto, ele ressalta que o valor mais elevado ocorre porque o varejo já está adquirindo o produto mais caro. O item é vendido em frascos com no mínimo 60 ml  que custam em média entre R$ 5,40 e R$6,99, uma diferença de 29%. Já os itens de com maior quantidade podem conter entre 450 ml até um litro. Estes variam 41%, indo de R$13,80 e R$19,50.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp