Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após um ano letivo sem precedente na história, com ensino remoto se estendendo por quase dez meses devido à pandemia do novo coronavírus, as escolas da rede municipal se preparam para o ano letivo de 2021 que, embora vislumbre progressão na metodologia de ensino, deva iniciar em sua grande maioria tal qual acabou o ano passado: com aulas virtuais.

Cada município tem autonomia para definir o modelo a ser adotado, no entanto, ressalta que o órgão tem debatido conjuntamente com todos os gestores para uma definição homogênea.

A princípio, a ideia lançada é que nos três primeiros meses o ensino seja virtual, os dois seguintes de forma mista e, o segundo semestre, de forma presencial. 

O objetivo é que o modelo nas redes municipal e estadual possam caminhar em harmonia.

(*) Com informações da Aprece.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp