Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O PSDB recebeu, no prazo final da janela partidária, as filiações do ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, da deputada estadual Fernanda Pessoa e do deputado federal Danilo Forte e ganha musculatura para ampliar as bancadas na Câmara e Assembleia Legislativa. Os tucanos saíram das urnas em 2014 com apenas um deputado estadual – Carlos Matos, e um federal – Raimundo Gomes de Matos. Na corrida às eleições deste ano, as lideranças do PSDB demonstram otimismo e calculam que poderão sair das urnas com quatro deputados federais e quatro estaduais.

A lista de pré-candidatos à Câmara Federal tem os atuais deputados Raimundo Gomes de Matos e Danilo Forte e o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa. A votação a ser atribuída a outros candidatos à Câmara Federal, pelos cálculos do Presidente da Executiva Regional do PSDB, Francini Guedes, poderá garantir a quarta vaga de deputado federal aos tucanos.

Quanto à corrida pela Assembleia Legislativa, o otimismo é na mesma proporção: após a festa de filiações, na noite dessa quinta-feira, em Maracanaú, sob o comando do senador Tasso Jereissati e com a presença de líderes da oposição, o PSDB recebeu a filiação da deputada estadual Fernanda Pessoa, que concorrerá, nas eleições deste ano, a um novo mandato.

O deputado estadual Carlos Matos, também, será candidato à reeleição, enquanto o ex-senador Luiz Pontes quer voltar à Assembleia Legislativa. Ex-prefeitos de cidades do Interior e nomes novos que surgem em alguns municípios estão sendo estimulados a concorrer a um mandato de deputado estadual. ‘’O PSDB ganha força, está organizado, é um partido com credibilidade pela história construída nos Governos Tasso e, por isso, está recebendo adesões de peso político e eleitoral, como do vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa’’, disse o ex-senador Luiz Pontes, ao participar da filiação de integrantes do grupo de Pessoa ao PSDB. O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça,  ex-prefeitos de cidades do Interior, e o ex-governado r Lúcio Alcântara também se filiaram ao PSDB.

OPOSIÇÃO

O ato de filiações ao PSDB em Maracanaú foi marcado por mais um encontro dos líderes de oposição que mantem duras críticas ao modelo administrativo dos irmãos Cid e Ciro Gomes e do Governador Camilo Santana. O alvo dos bombardeios é o crescimento dos índices de violência. O encontro das oposições reuniu, além de Tasso, Roberto Pessoa, Luiz Pontes e Lúcio Alcântara, os deputados federais Raimundo Gomes de Matos, Danilo Forte, Genecias Noronha (SD), Domingos Neto (PSD), o ex-vice-governador e conselheiro do TCM em disponibilidade Domingos Filho e o deputado estadual Capitão Wagner (PROS), citado como pré-candidato ao Governo do Estado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp