Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará contabilizou apenas três casos da infecção por sarampo, até o dia 29 de maio deste ano. As informações são do último boletim epidemiológico sobre a doença, publicado pela Sesa na última segunda-feira (08). Para ser considerado livre da doença, o Ceará deve chegar ao segundo semestre sem novas ocorrências.

Ao todo, em 2020, 37 casos foram notificados. Destes, além dos 3 confirmados, cinco permanecem em investigação e 29 foram descartados. Atualmente, o Estado é o sexto estado brasileiro com menor número de casos, ficando atrás do Tocantins e do Mato Grosso do Sul, com uma ocorrência cada, e da Bahia, Distrito Federal e Rondônia, com dois casos por região. Ao todo, 20 estados do País têm circulação do vírus.

A quantidade de casos no Ceará, entretanto, aumentou se comparado a igual período do ano passado. Até maio de 2019, nenhum registro da doença foi confirmado. As notificações se intensificaram entre os meses de agosto, setembro e outubro, finalizando o ano com um total de 19 casos confirmados. Em 2019, o Brasil registrou, até o dia 23 de novembro, 13.489 casos de sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde (MS).

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp