Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa (CDH) promove, nesta sexta-feira (21), audiência pública remota para discutir o retorno seguro dos idosos ao trabalho no Ceará.

O presidente da comissão, deputado Renato Roseno (Psol), solicitou a realização da audiência, atendendo pedido do presidente do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus e secretário da Saúde do Ceará, Dr. Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto).

Renato Roseno argumenta que o Governo do Estado do Ceará está implementando um Plano de Retomada das Atividades Econômicas e Comportamentais, conforme Decreto 33.631, de 20 de junho de 2020. Segundo ele, entre as preocupações para a retomada, destacam-se as pessoas idosas, especialmente no que se refere às condições de saúde e sociabilidade.

“A população idosa no contexto da pandemia é considerada grupo de risco e consequentemente tem sido diretamente mais afetada no Ceará, representando 77% de pessoas infectadas, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. Por isso é tão importante a realização dessa audiência pública para discutir o retorno seguro das atividades de grupos de idosos/as no cenário de continuidade da pandemia da Covid-19 no Ceará”, detalha o parlamentar.

O Governo do Ceará publicou, no início deste mês, decreto autorizando o retorno ao trabalho de idosos com idade igual ou acima de 60 anos que já contraíram a Covid-19 há mais de 30 dias, desde que comprovem imunidade ao novo coronavírus. A comprovação pode ser obtida por meio de exames em pessoas que já tiveram a Covid-19 e se recuperaram da doença.

(*)com informação da AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp