Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As eleições para prefeito e vereador  deste ano foram afetadas pela pandemia do coronavírus e como o voto é obrigatório no país, o eleitor que não compareceu à sua zona eleitoral neste domingo é obrigado a justificar a ausência. O eleitor pode ter suspensos diversos direitos civis caso não regularize sua situação na Justiça Eleitoral.

Uma das justificativas aceitas para não ter ido votar é se o eleitor comprovar que estava fora do seu domicílio eleitoral hoje ou no dia do segundo turno. Neste ano, devido à pandemia da covid-19, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu facilitar esse tipo de comprovação e o aplicativo e-Título tem uma funcionalidade que permite justificar a ausência. A função é capaz de identificar se o eleitor está de fato fora de seu domicílio eleitoral e estará disponível somente no horário da votação. A justificativa por outras razões, como motivos de saúde, por exemplo, também poderá ser feita no aplicativo, mas somente depois da eleição, num prazo de 60 dias.

Também estarão disponíveis outros meios para fazer a regularização da situação, como o preenchimento do Requerimento de Justificativa Eleitoral, que pode ser baixado na página do TSE e estará disponível também em papel nos cartórios eleitorais. Pela internet, é possível ainda utilizar o sistema Justifica.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp