Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 39,3 pontos de março para abril deste ano e chegou a 58,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Com essa, que foi a maior redução mensal, o índice atingiu seu menor nível desde o início da série histórica, em janeiro de 2001.

Todos os 19 segmentos industriais pesquisados tiveram queda. O Índice Expectativas, que mede a confiança dos empresários em relação ao futuro, recuou 46,6 pontos e chegou a 49,6 pontos. O Índice de Situação Atual, que mede a percepção sobre o presente, caiu 31,4 pontos e atingiu para 67,4 pontos. Ambos atingiram o menor valor da série histórica.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada do setor caiu 18 pontos percentuais e chegou a 57,3%, também a maior queda mensal e o menor valor da série histórica.

*Com informações da Agência Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp