Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Executiva Regional do PSDB, Luiz Pontes, destacou, em nota, nesta quarta-feira (07), os 13 anos da Lei Maria da Penha, considerada pela ONU como uma das três melhores legislações do mundo no enfrentamento à violência contra as mulheres.

Apesar dos avanços, segundo o dirigente tucano, há, infelizmente, entre o enunciado da lei e a dura realidade social, um abismo, em que pesem as iniciativas legais que buscam valorizar a mulher.

Mesmo com os avanços, a luta pelo fim da violência doméstica permanece um problema que exige empenho, pois deixa marcas não apenas na mulher, mas também em crianças e jovens. Por isso, temos que ressaltar sempre a importância da Lei Maria da Penha, como um mecanismo primordial para proteção da família, destacou o ex-senador e atual presidente do PSDB no Ceará.

Luiz Pontes afirmou, ainda, que, nesses 13 anos, está convencido de que ‘’nunca será perdido qualquer esforço na prevenção e repressão da violência contra as mulheres e que ainda há muito o que fazer’’.

Entre os desafios citados por Luiz Pontes estão a ampliação do número de Delegacias Especializadas da Mulher e a criação de casas-abrigo para as vítimas de violência doméstica.

Luiz Pontes lembra, ainda, que a interiorização de delegacias especializadas ainda é uma meta a ser alcançada no Ceará, que dispõe apenas de dez unidades para atender ao público feminino.

(*) Com informações da assessoria de imprensa do PSDB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp