Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Para trabalhar na avaliação do caso de desabamento do Edifício Andrea, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea) montou uma comissão que está catalogando documentos relativos à construção e manutenção do prédio. O órgão deve produzir um relatório técnico em até 15 dias. O trabalho também vai analisar a conduta e possíveis negligências dos profissionais responsáveis pelos serviços, o que pode gerar penalidades ou até a suspensão do registro de engenheiro.

Segundo o presidente do Crea, Emanuel Maia, a comissão não vai fazer nenhum tipo de laudo pericial, vai apenas juntar documentos pra saber da responsabilidade técnica do empreendimento, reformas, riscos, da construção até a queda.

A equipe do Crea busca os documentos legais do empreendimento, como matrícula, certidão, IPTU e alvará.

Sobre o caso

O edifício Andrea desabou na manhã desta terça-feira (15), no cruzamento das ruas Tibúrcio Cavalcante com Tomás Acioli, no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Até o início da tarde desta quinta-feira (17), cinco mortes foram confirmadas e pelo menos cinco pessoas continuam desaparecidas.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp