Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Um acordo de cooperação entre a Petrobras e o Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (Pnud) vai capacitar lideranças locais e administradores públicos em 110 cidades brasileiras onde a estatal opera. O acordo foi assinado hoje (25),no Rio de Janeiro, e deve qualificar 2,2 mil pessoas em dois anos. A intenção da capacitação é estimular o desenvolvimento sustentável previsto nos 17 objetivos da Organização das Nações Unidas (ONU).
O programa vai colaborar na identificação das prioridades de cada uma das localidades e começar por cidades de três estados que ainda serão definidos. Os cursos presenciais nos primeiros municípios contemplados vão servir de parâmetro para sistematizar instrumentos de capacitação e replicar o modelo para outras cidades. Como organizações da sociedade civil também vão participar do curso, a previsão da Petrobras e do Pnud é que haja um efeito multiplicador em cada comunidade.
Desafios
Diretor de País do Pnud, Didier Trebucq destaca que, apesar de o programa abarcar cidades de uma área que vai do Ceará ao Rio Grande do Sul, há desafios em comum, especialmente ligados à capacitação.
“Cada município é um caso único, por isso precisamos fazer primeiro uma análise de dados. Mas, claramente, há muitos desafios que são comuns”, disse. A gerente de responsabilidade social da Petrobras, Beatriz Espinoza, lembra que o dia da assinatura é o aniversário de três anos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
“A gente espera contribuir daqui a dois anos, no aniversário de cinco anos dos objetivos, com a sua disseminação”, afirmou. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável foram aprovados pelo Brasil e mais 192 países na 70ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em 2015. Desde então, eles se tornaram prioridade na agenda da ONU até 2030.
COM AGÊNCIA BRASIL
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp