Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os dados da edição mensal da PNAD COVID19, divulgados nesta terça-feira (1º), apontaram que até outubro, 1.026 mil pessoas haviam realizado algum teste para saber se estavam infectadas pelo Coronavírus no Ceará, um aumento de 146 mil pessoas (16,6%) na comparação com o mês anterior. Desse total, 300 mil testaram positivo, o que representa 3,3% do total da população do Estado.

Das 1.026 mil pessoas que realizaram algum teste para saber se estavam infectadas pelo Coronavírus, 385 mil possuíam ensino médio completo ou superior incompleto; 276 mil sem instrução ou com o fundamental incompleto; 237 mil com superior completo ou pós-graduação e 128 mil com fundamental completo ou ensino médio incompleto.

Em relação as pessoas com alguma comorbidade e que testaram positivo em algum dos testes, a pesquisa aponta que em outubro, havia 87 mil indivíduos, sendo 63 mil da faixa etária de 0 a 59 anos e 24 mil com 60 anos ou mais de idade, em relação ao sexo constatou-se que 31 mil eram do sexo feminino e 56 mil do masculino.

Considerando o tipo do teste, das pessoas que fizeram algum, dos três tipos de exames pesquisados na PNAD Covid19, 310 mil fizeram o SWAB e 26,1% testaram positivo; 462 mil fizeram o teste rápido com coleta de sangue através do furo no dedo e 23,4% testaram positivo; enquanto 398 mil fizeram o teste de coleta de sangue através da veia no braço, sendo 39,1% com COVID confirmada.

Em outubro, 371 mil pessoas apresentaram algum dos sintomas da Covid-19 no estado, tendo ocorrido uma estabilidade neste número frente ao mês anterior.

(*)com informação da A.I

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp