Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a ideia de tributar transações financeiras foi considerada desde o início das discussões da reforma tributária, mas que a CPMF virou “um imposto maldito”. No entanto, aproveitou para afirmar que um tributo do tipo pode ser criado de olho em transações feitas pela internet.

O jornalista Carlos Alberto Alencar, em seu comentário, nesta sexta-feira (20), no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 33 emissoras + redes sociais), informou que a proposta original do governo era criar uma contribuição sobre movimentações financeiras, em um mecanismo semelhante à CPMF, para financiar a desoneração da folha.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp