Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Cerca de 80 mil bolsas de pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) devem ser cortadas a partir da próxima semana por falta de repasse de recursos públicos. O orçamento atual da agência, ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), permite apenas o pagamento da folha de agosto, que deve ser concluído até o 5º dia útil do próximo mês.

Em todo Brasil, são 79.538 pesquisadores beneficiados com as bolsas. De acordo com site do CNPq, só no Ceará são 1.960 contemplados com os valores. As bolsas podem variar de R$ 550 a R$ 14 mil. De acordo com o ministro da Ciência e Tecnologia (MCTIC), Marcos Pontes, o dinheiro dos pagamentos acaba neste sábado (31).

O presidente do CNPq, João Azevedo, protestou contra a atual realidade na Câmara dos Deputados na última semana. Ele sustenta não ter havido contingenciamento, mas um corte realizado na elaboração do orçamento deste ano, aprovado em 2018. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), recebeu ainda um abaixo-assinado em defesa do Conselho.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp