Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Executiva Regional do PSD, Domingos Filho, amplia espaços e, após se reaproximar do grupo liderado pelo Governador Camilo Santana (PT) e pelo senador Cid Gomes (PDT) e emplacar aliados na Prefeitura de Fortaleza e na administração estadual, está cada vez mais perto do Palácio do Planalto e constrói, assim, mais um guarda chuva de proteção política no Ceará.

O ato simbólico da costura, que passa pelo Presidente Nacional do PSD, Gilberto Kassab, é a imagem do deputado federal Domingos Neto ao lado do presidente Jair Bolsonaro durante solenidade de liberação das águas do Rio São Francisco, na Região do Cariri, para o Estado do Ceará.


O representante do PSD cearense na Câmara Federal foi o único político ligado ao grupo de Cid e Camilo a acompanhar a agenda de Bolsonaro no Cariri. Domingos Neto quis dizer que, sem meio termo, é aliado ao Governo Federal – o PSD faz parte do bloco partidário que dá sustentação ao presidente Bolsonaro na Câmara Federal.

A imagem, porém, gerou comentários nos bastidores do Palácio da Abolição e no PDT e os adversários da família de Domingos Filho aproveitaram para fortalecer ainda mais a vinculação da cúpula estadual do PSD com o presidente Bolsonaro. Uma das imagens que circulam na Internet é a foto da deputada estadual Patrícia Aguiar, ao lado de Bolsonaro, como pré-candidata à Prefeitura de Tauá. Domingos não quer perder tempo e sabe que, se de um lado o barco situacionista perder estabilidade, o PSD do Ceará terá outro abrigo: o Governo Federal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp