Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Defesa Civil de Fortaleza registrou 150 ocorrências no mês de março de 2018, menos da metade em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 310 ocorrências.

A significativa redução, segundo a Defesa Civil, é o resultado das ações de prevenção durante todo o ano, a exemplo da limpeza dos recursos hídricos e do constante monitoramento das áreas de risco da capital cearense.

Das 150 ocorrências registradas:

  • 75 foram de risco de desabamento
  • 34 de alagamentos
  • 14 de desabamentos
  • 14 de inundações
  • 4 de incêndios
  • 1 de risco de inundação

As demais ocorrências referem-se a quedas de árvores, trotes, vistorias, monitoramentos, asfalto cedendo, vulnerabilidade social, solicitação de material, bueiros e crateras em via pública. De 1º de janeiro até 31 de março deste ano, a Defesa Civil registrou 349 ocorrências.

A Defesa Civil ressalta que está em alerta e realiza um trabalho de prevenção e monitoramento das áreas de risco da Capital.

Em caso de qualquer risco, a população deve acionar a Defesa Civil por meio do 190. O órgão conta com equipes 24 horas por dia.

Com informação do G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp