Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro já disse a aliados que não quer que o Aliança pelo Brasil saia às pressas, antes das eleições municipais e defende que o partido fique pronto a tempo apenas para 2022, quando deve tentar a reeleição à Presidência.

Os aliados de Bolsonaro no Ceará já ouviram o recado e dificilmente terão, pelo Aliança, candidatos a prefeitura de Fortaleza e das principais cidades do Ceará. Os coordenadores do movimento de coleta de assinaturas e articulação para formação do Aliança estipularam o início de março para pedir o registro da nova sigla no TSE, mas o prazo tem sido curto e, para muitos, é pouco provável que o partido esteja criado para o pleito de 2020.

Confira as informações com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Alberto:

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp