Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os deputados estaduais aliados do Palácio da Abolição se abraçaram ao Governo do Estado para respaldar, neste sábado, na abertura do período extraordinária da Assembleia Legislativa, as medidas que estão sendo adotadas para o fim da greve na Polícia Militar.

Os motins foram definidos como um movimento politiqueiro para dar palanques a alguns, enquanto a população sofre com uma greve que caminha para duas semanas. O deputado estadual Romeu Aldigueri (PDT) foi um dos parlamentares que fizeram apelos, em nome dos cearenses, para os policiais voltarem ao trabalho, reafirmou a crítica de que há politicagem no movimento.

Os pronunciamentos, com fortes advérbios e adjetivos marcam a abertura da convocação extra do Legislativo para votação, em regime de urgência, da Proposta de Emenda à Constituição que veda perdão ou anistia aos policiais envolvidos na greve.

O deputado estadual Fernando Hugo disse que a greve na PM se transformou em agressão social e esculhambaria e pediu o fim do que chamou de irresponsabilidade. O deputado Audic Mota (PSB) relatou que, pela quantidade de infrações, os policiais amotinados, se punidos, somam penas que podem ultrapassar os 50 anos de prisão.

O líder do Governo, Júlio César, fez um relato sobre as negociações para fechamento de um acordo com os policiais militares receberem melhoria salarial. Destacou que, ao longo do tempo – entre negociação e envio da mensagem à Assembleia, policiais desistiram do apoio inicial à proposta acordada à mesa de negociação e decidiram entrar em greve.

Júlio disse, ainda, que os olhos dos governadores dos demais estados e do Distrito Federal estão voltados à Assembleia Legislativa do Ceará que, com a votação da PEC que proíbe anistia ou perdão aos policiais envolvidos na greve, dará um exemplo para o Legislativo das demais Unidades da Federação sobre a necessidade de medidas que inibiam o sofrimento enfrentado hoje pela população cearense com a paralisação de atividades na área de segurança.

Aqui, você acompanha trechos de pronunciamentos de deputados estaduais na primeira sessão do período extraordinária da Assembleia Legislativa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp