Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Não adiantaram as recomendações do Ministério Público e nem os alertas da imprensa, o Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira, mais conhecido como Frotinha de Messejana, continua sem realizar atendimentos devido a falta de energia elétrica na unidade. Esse é o retrato do descaso com a saúde da população.
O sistema elétrico da unidade entrou em pane no sábado passado, com isso, a unidade de saúde passou a funcionar parcialmente. Foram suspensos os serviços básicos para atendimento na unidade, como o raio-x e outros procedimentos que necessitam de energia elétrica.
Na quarta-feira passada o Ministério Público do Ceará (MPCE) deu um prazo de 48 horas para o hospital resolver a falta de energia, o prazo terminou e nada foi resolvido.
A prefeitura disse que resolveria o problema até essa sexta-feira. Outra promessa não cumprida. Os pacientes menos graves estão retornado para casa. Os mais graves estão sendo encaminhados para outras unidades
A Unidade diz que conta com uma equipe de plantão e ambulâncias para casos de urgência que precisarem de transporte. A solução definitiva do problema, porém, segue sem prazo, e a Secretaria Municipal de Saúde garante que “informará à população” quando o funcionamento for normalizado.
O caso demonstra um grave problema que ocorre nos equipamentos públicos de Fortaleza, a falta de manutenção, principalmente em seus sistemas de energia elétrica. Outras unidades do mesmo porte sofrem com problemas similares.