Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O líder do PSD na Câmara dos Deputados, deputado Domingos Neto, está engajado para aprovar o projeto de lei que regulamenta a atividade de transporte de passageiros por meio de aplicativos – como Uber, Cabify e 99POP. A matéria está pronta para ser votada nesta terça-feira (27). A bancada federal do PSD tem 40 deputados.

A matéria foi votada pela Câmara Federal em abril do ano passado, mas como a proposta foi alterada no Senado, ela retornou para que os deputados voltassem a apreciar o novo texto. As alterações do Senado agradaram usuários e motoristas.

“A chegada dos aplicativos trouxe empregos para milhares de pessoas, além de mudar a forma que o brasileiro usa o transporte. Não podemos retroceder”, defende Domingos Neto. “Estamos trabalhando em um texto que mantém o espaço dos táxis, mas que haja uma regulamentação justa para que todos os motoristas e passageiros fiquem seguros e, claro, que o serviço seja liberado”, complementa o parlamentar.

Segundo a Uber, existem atualmente 500 mil parceiros do aplicativo, 20 milhões de usuários e mais de 1 bilhão de viagens já foram feitas desde 2014. Só no Ceará, são 18 mil motoristas, sendo o terceiro maior número do Nordeste, atrás de Pernambuco (23 mil) e Bahia (19 mil).

A Uber recolheu no ano passado R$ 971.810.966,00 em tributos federais e municipais, e o 99POP, R$ 480 milhões. Além de gerar mercado de trabalho, os aplicativos de transporte, custam menos para os consumidores e contribuem para a redução no volume de carros nas ruas, diminuindo congestionamentos.

Táxis
De acordo com dados do 99, que também opera com táxi, as corridas de táxi cresceram em média 36% após a entrada do 99POP, que opera com carros particulares. Isso mostra que a entrada dos aplicativos fez com que os brasileiros passassem a usar mais o serviço, aumentando a demanda.