Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Evitar alagamentos, em especial, neste período de chuva, reduzindo assim os impactos na região. Com este objetivo o Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades continua, mesmo com a pandemia do coronavírus, com a dragagem e limpeza da vegetação aquática do Rio Cocó. A obra que tem um caráter emergencial, está com 30% de execução, e contempla o trecho I, compreendido entre a Av. Paulino Rocha e BR 116; e II da Av. Murilo Borges à Av. Engenheiro Santana Júnior.

De acordo com o engenheiro responsável, Márcio Francisco Pegoraro, a obra é realizada em um ambiente aberto, com 23 homens trabalhando atualmente.

Ainda segundo a responsável pela Coordenadoria de Revitalização de Áreas Degradadas e Drenagem da Região Metropolitana de Fortaleza (Corev), da SCidades, Lana Araújo, além dos alagamentos, as famílias que moravam ali no entorno não tinham saneamento. “Com a obra, eles passaram a morar agora depois de uma via, com rede de abastecimento de água e esgoto. Protegendo o Rio e aquelas famílias que moravam em condições inadequadas”, reforçou.

A previsão de conclusão da dragagem, conforme contrato, é junho de 2021, porém segundo o engenheiro, a expectativa é que seja concluída no final deste ano.

A execução da obra está sendo realizada pelo Consórcio Lomacon/ Morais Vasconcelos/Dratec, com investimentos de R$ 15.506.585,46, para o Tesouro Estadual.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp