Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O índice de atividades turísticas no estado do Ceará apontou um crescimento de 85,4 % em agosto, em relação a julho, após queda de 29,2% no mês anterior. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE.

Mesmo com os bons números, o indicador ainda não recuperou as perdas ao longo deste ano (-44,2% variação acumulada de janeiro a agosto de 2020) , reflexo do fato de que as medidas preventivas para combater a Covid-19 (como o estímulo ao isolamento social) terem atingido de forma mais intensa e imediata boa parte das empresas que compõem as atividades turísticas, principalmente de transporte aéreo de passageiros, restaurantes e hotéis que interromperam as atividades devido à pandemia. 

Frente a agosto de 2019, o volume de atividades turísticas cearenses caiu 49,1%, sexta taxa negativa seguida. Pressionado, principalmente, pela queda na receita de empresas que atuam nos ramos de restaurantes; hotéis; transporte aéreo; rodoviário coletivo de passageiros; serviços de bufê; agências de viagens; e locação de automóveis.