Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A usina que foi desativada há 15 anos em Barbalha estar afetando a economia da cidade, em 1970 quando foi instalada, a unidade atuava na cultura da cana-de-açúcar e gerava bastante renda para geração. No  início de 1990, a usina era responsável por quase quatro mil empregos diretos e indiretos. No auge da produção, comercializava cinco mil sacos de açúcar e tinha capacidade de produção de 40 mil litros de álcool por dia.

A paralisação das atividades veio em 2004 com a escassez da cana de açúcar responsável por ser a força-motriz da usina. Junto com o fechamento da indústria, houve também uma queda praticamente total do cultivo da cana na região do Cariri, com fechamento de quase todos os engenhos. A prosperidade deu espaço para a frustração e começou o desemprego.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp