Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado federal Célio Studart, do Partido Verde, defende que, em primeiro lugar, deve-se discutir a prioridade das ações no combate ao coronavírus. Célio acha, porém, que o dinheiro do Fundo Eleitoral deve ser usado no enfrentamento do Covid-19, cobra que o assunto deveria ser puxado pelo presidente da República e que gastos na área eleitoral passam a ser secundários nesse contexto da pandemia que assusta os brasileiros.

O rito democrático, conforme Célio Studart, é inferior a questão do coronavirus e, em seu entender, o debate sobre a realização ou não das eleições não ser prioridade agora. Quanto aos recursos do Fundo Eleitoral, Célio afirma que cabe ao Governo Federal, com base na decretação do estado de calamidade pública, usar os recursos na área da saúde.

Dentro do Bate-Papo político, nesta terça-feira (24), os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida discutiram o assunto. Para Beto, a discussão é sobre vida e é necessário que haja bom senso neste momento para se pensar na saúde das pessoas em meio a essa pandemia de coronavírus que se instala em todo o país:

Estamos discutindo aqui é vida, é uma necessidade de sobrevivência, de preservação de vida. Essa questão de realização ou não da eleição, ela está sim no calendário, agrade ou não os políticos. Aqui no Ceará os deputados tem argumentos sólidos para o adiamento das eleições, é claro que tem os entraves constitucionais sim, e por isso, será necessário uma ou mai MP para alteração desse contexto eleitoral.

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp