Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Desgastado pelos erros políticos e administrativos e sem apelo popular para concorrer à reeleição, o prefeito de Horizonte, Chico César, decidiu lançar o seu ex-secretário de Educação, Reginaldo Cavalcante, que é filiado ao PL, à Prefeitura do Município.

Chico esvaziou, também, o PSDB na corrida pela Câmara de Vereadores. Militantes tucanos, que são pré-candidatos a vereador, foram retirados da sigla e acomodados no PL em uma articulação com o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves.

A manobra de Chico César deixou irritados integrantes da cúpula estadual do PSDB. O senador Tasso Jereissati ficou surpreso com a postura adotada pelo prefeito de Horizonte que, ao longo de duas décadas, usufruiu da força dos Governos do PSDB para ascender na vida política.

Despreocupado com esse sentimento, Chico César foi para o pragmatismo e montou um acordão com o grupo de Acilon Gonçalves que quer eleger, na Grande Fortaleza, pelo menos, oito prefeitos. Acilon, que é candidato à reeleição, trabalha para eleger o filho Bruno prefeito de Aquiraz, reeleger o prefeito de Cascavel, e aliados nos Municípios de Beberibe, Horizonte, Chorozinho, Itaitinga e Pindoretama.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp