Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As articulações para compor chapas e coligações na corrida pelas Prefeituras da Grande Fortaleza e do Interior do Estado levaram o MDB a excluir o PDT e o PSD do arco de alianças nas eleições de 2020. O presidente da Executiva Regional, Eunício Oliveira, refirmou, nesta quarta-feira, em Brasília, em reunião com o deputado estadual Leonardo Araújo, a decisão de ampliar o fosso na relação com os desafetos políticos.

Um dos casos simbólicos desse conflito é a cidade de Fortaleza onde o MDB descarta o diálogo com o PDT liderado pelos irmãos Cid e Ciro Gomes. O mesmo caminho é adotado, também, nos outros dois maiores colégios eleitorais da Grande Fortaleza – Maracanaú e Caucaia. Em Maracanaú, a aliança está fechada com o PSDB liderado pelo deputado federal Roberto Pessoa, enquanto em Caucaia a decisão é, até o momento, lançar a candidatura do ex-prefeito José Gerardo Arruda.

Segundo maior colégio eleitoral do Ceará, Caucaia poderá ter a eleição decidida no segundo turno. O quadro tem atualmente como pré-candidatos o prefeito Naumi Amorim, do PSD, o deputado estadual Vitor Valim (PROS), o deputado estadual Elmano de Freitas (PT) e a vereadora Emília Pessoa (PSDB). Naumi tem, hoje, como vice-prefeita a filha do José Gerardo, Lívia, que é do PTB. Sob a liderança do ex-vice-governador Domingos Filho, o PSD ficará sem o MDB no palanque de 2020 em Caucaia.

JUAZEIRO DO NORTE, CRATO E SOBRAL

O distanciamento do MDB da convivência com PDT e PSD passa, também, pelas cidades de Juazeiro do Norte e Sobral. Em Juazeiro do Norte, o MDB vai apoiar à candidatura do prefeito Arnon Bezerra (PTB), que é candidato à reeleição.

O MDB apoiou, em 2016, o empresário Gilmar Bender, que é do PDT. O conflito entre lideranças estaduais das duas siglas fez o MDB deixar de lado a antiga aliança com o PDT. Na vizinha cidade do Crato, o MDB ficará no palanque do prefeito José Ailton, que é do PT. O governador Camilo Santana entrou nessas articulações e atraiu o MDB de Eunício para a aliança com o PT.

Em Sobral, o MDB lançará a candidatura do empresário Oscar Rodrigues, pai do deputado federal Moses Rodrigues, na disputa pela Prefeitura. O atual prefeito Ivo Gomes (PDT) concorrerá à reeleição.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp