Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O senador Tasso Jereissati (CE) lançoou oficialmente a sua candidatura à presidência do PSDB Jereissati vai disputar a vaga do senador Aécio Neves (MG) com o governador Marconi Perillo (GO).Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O senador Tasso Jereissati decidiu, nesta terça-feira (24), romper o silêncio e 24 horas após a veiculação de uma nota, segundo a qual teria desistido de disputar as prévias do PSDB para a escolha do candidato do partido para presidência da República , contestou, também, o governador João Doria. Doria disse, na noite dessa segunda-feira (23), em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, que Tasso teria desistido das prévias.

Nessa segunda-feira (23), o jornalista Augusto Nunes, do blog R7, informou que Tasso teria desistido de concorrer as prévias após resultados de exames médicos. O senador cearense disse que “não conversou com quem quer que seja sobre uma possível saída da corrida pela indicação, dentro do PSDB, ao Palácio do Planalto”.

“Nunca conversei com quem quer que seja, nem tampouco conversei com o governador João Doria, pessoa que respeito, sobre essa questão. Portanto, fiquei surpreso com essa declaração, e no dia em que eu tiver, se tiver de fazer algum anúncio, eu mesmo farei”, disse Tasso em texto publicado pelo O Globo.

Além de Tasso, são pré-candidatos à presidência da república: João Doria, governador de São Paulo; Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio. As prévias estão marcadas para o dia 21 de novembro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp