Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Um eleitor de Piripiri, zona rural do município de Iguatu, no Ceará, foi detido pela Polícia Civil após depredar um carro que estava à disposição da Justiça Eleitoral e jogar capim no local de votação.
De acordo com informações do delegado da Polícia Civil, Glaube Pedro Ferreira de Siqueira, o eleitor chegou na seção eleitoral com um saco cheio de capim, dizendo que era para Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência. Antônio Carlos do Nascimento Firmino se identificou como eleitor de Fernando Haddad (PT).
O relato é de que Antônio Carlos jogou o capim próximo à urna e saiu do local. Chegando na rua, ele teria dado um soco no vidro de um carro do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) que estava à disposíção da Justiça Eleitoral Brasileira.
O eleitor foi autuado por dano ao patrimônio público e pelo art. 296 do Código Eleitoral, que prevê como infração “Promover desordem no âmbito eleitoral”.
Com informações O Povo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp