Os professores contemplados com o pagamento da 3ª parcela dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, o Fundef, receberão o valor dos recursos até esta quinta-feira (04). A informação foi repassada pelo governador do Ceará, Elmano de Freitas, por meio das redes sociais.

A liberação do dinheiro, que estava prevista para ocorrer no dia 1º de abril, foi adiada pelo Governo do Ceará. De acordo com as secretarias da Educação e do Planejamento e Gestão, a medida foi tomada por questões técnicas.

No Ceará, 50 mil profissionais da educação vão receber os recursos. Serão distribuídos mais de R$ 629 milhões. Quase R$ 630 milhões serão repassados aos profissionais, que estavam ativos entre 1998 e 2006. 

Do montante de precatórios do Fundef recebido pelo Ceará, os professores ficam com 60%, repassados sem incidência de Imposto de Renda. Os outros 40% são destinados ao Tesouro. No total, 50.240 professores vão receber o dinheiro.

Todos os beneficiados são profissionais da educação que trabalhavam na rede pública estadual entre 1º de agosto de 1998 e 31 de dezembro de 2006.