Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os motoristas e cobradores de transporte alternativo pararam suas atividades e bloqueiam na manhã desta segunda-feira, 28, um trecho da BR-116, próximo ao quilômetro 19, em manifestação a favor da paralisação dos caminhoneiros, que entrou no oitavo dia nesta segunda. A rodovia, inclusive, sofre outras interdições, uma delas, bem próxima ao bloqueio do transporte alternativo.

Os caminhoneiros estão em greve há oito dias, em manifestação nacional. O número de interdições chegou a 20 nas rodovias federais na última quinta-feira, 24, e nesta segunda, 28, está em 13. Dentro de Fortaleza, há apenas um bloqueio, na Avenida Mister Hull.

Na rodovia, somente os carros pequenos e motos passam. Antônio Cláudio da Costa, presidente da cooperativa Cotralp que faz o percurso Pacajus-Fortleza, diz que não há previsão para acabar o movimento. “Estamos em apoio aos caminhoneiros, queremos também a baixa nos preços dos combustíveis”, afirma. Realizadas por outras cooperativas, as linhas Horizonte-Fortaleza, da Cootache, e Itaitinga-Fortaleza, da Cootrami, também estão paradas.

Com informações G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp