Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Trabalhadores cearenses que tem se sentido prejudicados em seus empregos em meio à pandemia, tem recorrido a justiça para buscar seus direitos. Entre o dia 13 de março até está quinta-feira (9), o Tribunal do Trabalho do Ceará (TRT/CE) recebeu 781 ações relacionadas à pandemia do novo coronavírus.

Os processos relacionados ao tema sé passaram ser contabilizados a partir de março. Entre eles, processos de trabalhadores pedindo verbas rescisórias, como aviso-prévio e multa de 40% do FGTS, que estão diretamente vinculados aos efeitos da doença nas relações de trabalho.

De acordo com os dados da Secretaria de Gestão Estratégica do TRT/CE, cerca de 503 decisões proferidas no período pelos juízes do trabalho e desembargadores envolviam o tema do coronavírus. Segundo o presidente do TRT/CE, o desembargador Plauto Porto, mesmo com o regime de teletrabalho, o tribunal vem buscando formas de amenizar o impacto da pandemia no mercado de trabalho.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp