Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O empate de 1×1 em jogo realizado nesta tarde no Castelão pela Copa do Nordeste complicou ainda mais a situação do Fortaleza Esporte Clube. Na quarta partida sob comando do técnico Marquinhos Santos, o Tricolor enfrentou a equipe do Altos/PI, e agora depende de outros resultados para seguir com chances de avançar às quartas de final da competição.

O Tricolor chegou aos sete pontos e segue na 2ª colocação do Grupo B. Porém, se o Bahia vencer o Moto Club neste domingo, 12, as chances de se classificar como primeiro do grupo ficam difíceis. Assim, o Fortaleza só poderia avançar como um dos três melhores segundos colocados. Acontece que, no momento, o time é o pior vice-líder entre os cinco.

Na última rodada, o Fortaleza vai enfrentar a equipe do Bahia na Arena Fonte Nova, no dia 22 de março e precisa da vitória para ter chances de classificação. No jogo de hoje, o Fortaleza, mais uma vez, apresentou uma atuação fraca. O primeiro tempo foi de um time pouco inspirado, que mostrou dificuldades na criação de jogadas ofensivas.

As melhores chances saíram dos pés de Zé Carlos. Aos 31 minutos, ele foi derrubado na área por Chiquinho. Pênalti que o próprio atacante cobrou bem para marcar seu quarto gol em cinco jogos pelo Tricolor. Porém, o próprio ‘Zé do Gol’ foi protagonista de um lance que prejudicou sua equipe. No fim do primeiro tempo, desferiu cotovelada em um jogador adversário e foi expulso.

O Fortaleza voltou do intervalo com um a menos e o Altos se aproveitou disso. A equipe visitante transformou a vantagem numérica em superioridade na posse de bola e conseguiu chegar ao empate. Aos 16 minutos, Vagner acertou um chutaço de muito longe no canto de Marcelo Boeck, que se esticou todo, mas não alcançou.

Seis minutos depois, Chiquinho recebeu o segundo cartão amarelo e também foi expulso. Cada equipe ficou com dez jogadores em campo. Mesmo assim, o Fortaleza não soube aproveitar. Muito desorganizado e mostrando visível falta de entrosamento e preparação tática, o Tricolor tentava chegar sempre na base do abafa e não criou boas oportunidades de gol.

Pelo contrário, quase sai derrotado de campo. No último lance da partida, o goleiro Marcelo Boeck foi pra área tentar aproveitar cobrança de escanteio, mas o Altos quase aproveita contra-ataque pra marcar. Ao apito final, as vaias da torcida leonina refletem a insatisfação com uma equipe que tinha a chance de conseguir uma boa vitória e depender apenas de si para avançar na competição. Mas deixou o resultado escapar e agora vai ter que torcer por outras combinações para, quem sabe, ainda seguir adiante no torneio

Fonte – O Povo Online