Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pela primeira vez em sete anos, a quantidade de inscrições confirmadas no Enem é a menor registrada. O Exame Nacional do Ensino Médio teve 5 milhões e 9 mil inscritos confirmados, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Ao todo, mais de 6 milhões de estudantes fizeram a inscrição no Enem, mas 20,2% não pagaram a taxa de inscrição e não tiveram a participação confirmada.

O número caiu em relação ao ano passado, quando o exame teve 5,5 milhões de inscritos confirmados e é a menor quantidade de inscrições desde 2012, quando 4,3 milhões de estudantes confirmaram a inscrição.

Essa não foi a primeira queda registrada no exame. Desde 2017, o número de interessados no Enem diminui. Em 2016, foram 8,6 milhões de confirmados, mas a partir de então o exame deixou de certificar o ensino médio e registrou uma queda na quantidade de participações. Até então, os estudantes podiam fazer a prova e, mediante uma nota mínima, obter o diploma da etapa de ensino.

De acordo com o Ministério da Educação, o número de inscritos confirmados está mais próximo ao de participantes que efetivamente comparecem às provas, evitando as abstenções e o desperdício da verba pública. O Enem do ano passado teve a menor taxa de ausência desde que o exame adotou o formato atual. Em 2018, cerca de 26% dos inscritos confirmados faltaram às provas, provocando um prejuízo de R$ 121 milhões com ausências.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp