Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ter a casa própria é o sonho de muitos brasileiros, mas nem todos têm condições financeiras para concretizar esse desejo. Para aqueles que querem sair do aluguel, o Minha Casa Minha Vida (MCMV) do Governo Federal é uma boa oportunidade. No entanto, muitas vezes as condições para ser beneficiário do programa não são muito claras. Além disso, as mudanças anunciadas nos últimos meses pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo Governo tem trazido muitas dúvidas sobre como funciona o incentivo e o que é necessário para poder ser um beneficiário.

O MCMV dinamizou o setor da construção civil, liberando um mercado habitacional que estava travado e possibilitou a crescente urbanização de cidades menores, como requisito para os empreendimentos. Em 2016, o programa facilitou para uma faixa maior de brasileiros a aquisição do imóvel próprio, ampliando o valor máximo do imóvel financiado. Para 2017, o Minha Casa Minha Vida deverá receber investimentos da ordem de R$ 1,168 bilhão, recurso que será utilizado principalmente para construir moradias para famílias com rendimento mensal de até R$ 1,6 mil.

Entenda o programa

Qualquer pessoa brasileira com uma renda familiar mensal de até R$ 9 mil pode ser beneficiária do Minha Casa, Minha Vida. “As taxas de juros do programa são muito mais baixas do que nos financiamentos comuns. Em alguns casos, os juros do MCMV chegam a ser metade das taxas convencionais. Além disso, o governo ajuda a conquistar o imóvel pagando uma parte da entrada. E o consumidor pode ainda utilizar o Fundo de Garantia na compra”, explica Sérgio Frade, superintendente comercial da Direcional Engenharia, segunda maior construtora do País, segundo o ranking Inteligência Empresarial da Construção (ITC).

Quem possui de 3 a 5 salários mínimos de renda paga juros de 5% por ano. Aqueles que possuem renda de 3 a 6 salários mínimos pagam juros de 5,5% por ano, já os que recebem de 6 a 10 salários mínimos pagam juros de 9,16% por ano.

O MCMV contempla quatro faixas de renda. A Faixa 1 produz empreendimentos habitacionais destinados às famílias com renda mensal bruta de até R$ 1,8 mil. Os valores variam de acordo com a localidade, e o governo pode arcar com até 90% do valor do imóvel. A Faixa 1,5 é destinada a famílias com renda até R$ 2.600 e oferece subsídios de até R$ 45 mil para financiamento de imóveis até R$ 135 mil.

Na Faixa 2, o subsídio de até R$ 27,5 mil é destinado a famílias com renda entre R$ 2.600 e R$ 4 mil. A taxa de juros varia de 5,5% a 7% ao ano. Na 3, o financiamento possibilita o acesso à moradia por meio de financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, de famílias com renda bruta mensal acima de R$ 4.000 e até R$ 9.000, com taxas de juros até 9,16% ao ano.

Quem já é beneficiário de outro programa habitacional, ou já foi beneficiário do Minha Casa Minha Vida e se tornou inadimplente com as parcelas, perdendo o benefício, não pode solicitar o programa. Além disso, o MCMV só permite o financiamento de um imóvel por núcleo familiar.

Se enquadram no programa empreendimentos novos e que o FGTS da cidade cubra o seu valor. Recentemente o teto do valor do imóvel foi elevado para R$225 mil.

Inscrições

As inscrições para o Minha Casa Minha Vida são realizadas nas prefeituras das cidades. Depois de realizado o cadastro, a Caixa Econômica Federal será a responsável por avaliar e selecionar as famílias que são aptas a participar do programa.

Para realizar as inscrições, é preciso comparecer pessoalmente no local indicado pela prefeitura portando RG, CPF, cadastro habitacional e a ficha de cadastro preenchida, comprovante de renda dos últimos 6 meses, extrato do FGTS atualizado, imposto de renda, carteira de trabalho e comprovante de despesas como água, luz, aluguel e escola. Os interessados que não trabalham com carteira assinada devem apresentar o extrato bancário dos últimos seis meses.

Pessoas com renda familiar de R$1,8 mil à R$5 mil devem se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal e simular um financiamento. Se o imóvel estiver dentro das condições do programa e o solicitante for eletivo como beneficiário, poderá financiá-lo pelo MCMV.

Sonho da Casa Própria: Conquista Jurema traz financiamento Minha Casa, Minha Vida em condomínio residencial na Grande Fortaleza 

Para atender a crescente demanda por moradia nas cidades menores, o primeiro fruto da parceria entre a mineira Direcional, segunda maior construtora do Brasil, segundo o ranking ITC (Inteligência Empresarial da Construção), e a Victa, empresa do consagrado grupo cearense Diagonal, o residencial Conquista Jurema chega ao Ceará em 2017 como referência de estrutura e de condições de compra acessíveis na Região Metropolitana de Fortaleza.

Erguido no distrito de Jurema, em Caucaia, município que concentra a segunda maior população do Estado e um perfil específico de consumidor, com déficit habitacional e forte demanda para este tipo de imóveis, o novo empreendimento é destinado às faixas 2 e 3 do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), tendo como público-alvo famílias com rendas a partir de R$ 1.800,00.

Estrutura

O Conquista Jurema é composto por 608 unidades, com apartamentos de dois quartos, condomínio fechado com guarita, segurança e área de lazer com equipamentos como piscina, playground e churrasqueira. A localização do imóvel é outro atrativo: a 15 km do Centro de Fortaleza, área residencial, a 50 metros das avenidas principais (Avenidas Dom Almeida Lustosa e São Vicente de Paula), com privilegiada infraestrutura de transporte e comércio e a apenas um quilômetro da estação de metrô.

Condições de compra

Além da estrutura do projeto, a facilidade de compra é mais um dos benefícios: o cliente pode contar com as vantagens do Programa Minha Casa Minha Vida para garantir o imóvel e realizar o sonho da casa própria. “O acesso ao financiamento deste empreendimento será mais vantajoso devido aos juros que são os menores do mercado e o percentual a ser emprestado pode chegar a 90%. Além disso, o prazo de pagamentos é de até 30 anos. Outro aliado é o subsídio (desconto no valor do imóvel) concedido pelo Governo que pode chegar a R$20 mil e o consumidor pode ainda utilizar o Fundo de Garantia na compra”, explica o diretor comercial e de marketing da Direcional, Guilherme Diamante.

Central de Vendas

Lançado em 2017, o condomínio já conta com uma Central de Vendas Minha Casa Minha Vida disponível para tirar as dúvidas dos clientes e fornecer detalhes sobre o projeto. A loja fica no Shopping Jurema (Avenida Dom Almeida Lustosa) e conta com um espaço exclusivo onde é possível conferir o apartamento decorado e uma consultoria exclusiva de corretores capacitados para apresentar o Conquista Jurema e as vantagens do financiamento através do MCMV.

Sobre as Construtoras

DIRECIONAL

· 36 anos

· Atuação em 26 cidades de 12 Estados: Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo

· 13 mil colaboradores

· 2ª maior construtora do país no Ranking ITC

· Mais de 120mil unidades entregues/incorporadas

· Segmentos de atuação: Super Econômico (Faixa 1 do MCMV), Econômico (Faixas 2 e 3 do Programa Minha Casa Minha Vida), Médio, Luxo, Comerciais e Hotéis

VICTA

·  Uma empresa do Grupo Diagonal que já nasce com 35 anos de experiência, tendo:

·  Atuação no Ceará e Rio Grande do Norte

·  Expertise em projetos de alto padrão

·  Mais de 7 mil unidades entregues

·  Mais de 4 mil clientes

·  1,5 mil m² de área construída

·  A empresa atuará no segmento Econômico do Programa Minha Casa Minha Vida

Parceria

O Conquista Jurema marca o início da parceria entre a Direcional e Victa, uma decisão pautada pela credibilidade do grupo Diagonal e sua experiência local e com base na demanda existente. Além disso, desde 2012, através do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), faixa 1, a Direcional está presente no Ceará, com a construção de cinco empreendimentos, totalizando 20 mil unidades. O foco inicial da parceria será o MCMV, faixas 2 e 3. Os investimentos já envolvem três terrenos em Fortaleza e Região Metropolitana, com capacidade para construção de 2.136 unidades habitacionais.

O presidente da Victa, João Fiúza, destaca o DNA da nova empresa que já nasce com uma experiência de 35 anos da Diagonal, trazendo para o segmento econômico a expertise do alto padrão de qualidade de vários empreendimentos em diversos bairros de Fortaleza, inclusive do programa MCMV. “A Victa seguirá os mesmos princípios e conceitos da Diagonal, tanto no padrão de qualidade quanto no compromisso junto aos seus clientes”, ressalta Fiuza.

Serviços Direcional
Central de Vendas Conquista Jurema:
 Shopping Jurema (Avenida Dom Almeida Lustosa com São Vicente de Paula)
Site: 
https://www.direcional.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/direcionalengenharia
Instagram: http://instagram.com/direcional_engenharia
Youtube: http://www.youtube.com/direcionalengenharia
Central de Vendas Direcional: 4020-0400

Com informação da A.I